Ex-presidente de Câmara Municipal é condenado por improbidade administrativa

Política
Campo Erê | 11/07/2018 | 13:18

Informações: Ministério Público
Foto: Reprodução/Internet

A Justiça condenou o ex-presidente da Câmara Municipal de Campo Erê, Leonir Teske, a pagar R$ 24 mil de multa, suspendeu seus direitos políticos por oito anos - tempo em que não poderá participar de eleições ou ocupar qualquer cargo público - e o proibiu de realizar qualquer contrato com o Poder Público por dez anos.

Entenda o caso

A promotoria de Campo Erê processou o ex-vereador por utilizar o carro oficial da Câmara Municipal para fins particulares durante o segundo semestre de 2014. Ficou comprovado que o veículo do Legislativo ficava na casa do então presidente durante as noites, sendo que apenas ele usava o carro e, por diversas vezes, utilizou-o para fazer viagens pessoais.

A decisão transitou em julgado e não cabem mais recursos, devendo a sentença ser cumprida imediatamente.