Saiba como votaram os deputados catarinenses sobre a reforma da Previdência

Política
Brasília (DF) | 11/07/2019 | 11:29

Informações: Diário Catarinense
Foto: Câmara dos Deputados

Dos 16 deputados federais de Santa Catarina, 15 votaram a favor da reforma da Previdência, aprovada em primeiro turno na noite desta quarta-feira (10) no plenário da Câmara. O único parlamentar do Estado a votar contra o texto-base foi Pedro Uczai (PT). Os outros 15 deputados se posicionaram pela aprovação da proposta.

No início da semana, duas deputadas disseram ao jornal Diário catarinense ainda não ter posição definida: Geovania de Sá (PSDB) e Carmen Zanotto (Cidadania). Nesta quarta, as duas também votaram em favor da proposta.

O texto-base da reforma da Previdência foi aprovado por 379 votos a 131. Logo após, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, encerrou a sessão.

Nesta quinta-feira (11), os deputados voltam ao plenário para discutir destaques que podem alterar alguns pontos da proposta, como regras mais suaves para aposentadoria de categorias profissionais especiais, como policiais.

Um destaque foi votado nesta quarta, e rejeitado. O que excluía os professores da reforma. Foram 265 votos a favor e 184 contra. Para ser aprovada, a emenda precisava de, no mínimo, 308 votos, ou seja, três quintos dos parlamentares. 

Os que votaram sim

Ângela Amin (PP); Carlos Chiodini (MDB); Carmen Zanotto (Cidadania); Caroline de Toni (PSL); Celso Maldaner (MDB); Coronel Armando (PSL); Daniel Freitas (PSL); Darci de Matos (PSD); Fabio Schiochet (PSL); Geovânia de Sá (PSDB); Gilson Marques (Novo); Hélio Costa (PRB); Ricardo Guidi (PSD); Rodrigo Coelho (PSB); Rogério Peninha (MDB).

O que votou não 

Pedro Uczai (PT).