Suspeito de matar taxista é preso um dia depois do crime

Policial
Campo Erê | 10/08/2018 | 15:01

Informações e foto: Polícia Civil

Na manhã desta sexta-feira (10) a Polícia Civil de São Lourenço do Oeste prendeu o suspeito de matar o taxista de Campo Erê, Adilso Coletto, 47 anos. O corpo da vítima foi encontrado na manhã de quinta-feira (9).

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São Lourenço do Oeste iniciou as investigações e descobriu-se que o suspeito do crime morava em Palmas (PR). 

O suspeito M.W., 34 anos, estava em liberdade condicional e foi preso pela Polícia Civil de Santa Catarina na cidade de Palmas. O carro do taxista também foi encontrado, juntamente com dois cartões de banco da vítima. O preso foi conduzido até São Lourenço do Oeste, onde será interrogado e, em seguida, encaminhado para o Presídio Regional de Xanxerê (SC), onde ficará à disposição da Justiça.

Entenda o caso

Segundo a polícia, na quarta-feira (8), o taxista havia saído para fazer uma corrida entre o meio e o fim da tarde, desaparecendo depois disso. Na manhã de quinta, por volta das 8h30, o corpo foi encontrado com sinais de morte violenta na linha Taquari, interior de São Lourenço do Oeste.

Participaram dos trabalhos investigativos e de captura, além da DICFron de São Lourenço do OesteC, que capitaneou todo o serviço, também as Polícias Civis de Campo Erê, São Domingos e Maravilha. Destaque também para o trabalho do Ministério Público e do Poder Judiciário.