Teatro e cinema ao vivo serão realizados gratuitamente no teatro do Centro de Eventos

Geral
São Lourenço do Oeste | 13/04/2018 | 08:34

Informações e foto: Prefeitura de São Lourenço do Oeste

Duas grandes atrações serão realizadas no Teatro Professor Arno Ignácio Etges, no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira, de forma gratuita para toda a comunidade. A primeira será neste sábado (14), às 20h30, com a peça Teatral Spollium - as irmãs siamesas. A montagem é do Grupo de Teatro O Dromedário Loquaz, sob a direção de Sulanger Bavaresco, num projeto da Estação Cultural da Federação Catarinense de Cultura (FCC). A classificação é 14 anos.

A segunda atração marcará a abertura do Encontro Estadual de Patrimônio Cultural, promovido pela Diretoria de Preservação do Patrimônio da FCC. Serão três dias de intensas trocas de ideias, com palestras, oficinas, debates e atividades artísticas. Na segunda-feira (16), a partir das 19h30, haverá o projeto Cinema ao Vivo com a exibição do filme “Nosferatu” e trilha sonora executada ao vivo. A entrada é gratuita e a classificação é 12 anos.

Segundo o presidente do Instituto Cultural, Rennã Fedrigo, os interessados em assistir os espetáculos do dia 14 e 16 já podem retirar os seus ingressos junto ao Instituto Cultural, localizado no pavimento inferior do Centro de Eventos. Mais informações através do telefone (49) 3344-8526 ou por e-mail icsl@saolourenco.sc.gov.br.

Encontro Estadual

Entre os dias 16 e 18 de abril, São Lourenço do Oeste será o centro dos debates sobre a cultura em Santa Catarina. O Encontro Estadual de Patrimônio Cultural é uma das ações em curso desde o ano passado para divulgar o trabalho da Federação Catarinense de Cultura (FCC) e orientar a comunidade sobre a importância e os mecanismos para promover a preservação do patrimônio cultural. As atividades serão concentradas no Teatro Professor Arno Ignácio Etges e tem o apoio do Instituto Cultural.

A programação é ampla e direcionada principalmente aos gestores de cultura, bibliotecários, museólogos, historiadores, educadores, artistas, produtores, estudantes e profissionais que atuam na área de patrimônio e também interessados no tema. 

As palestras, oficinas e debates abordarão temas divididos em quatro eixos de atuação: o patrimônio material (móvel e imóvel); o patrimônio imaterial; museus e bibliotecas. Além dos temas técnicos que envolvem preservação e legislação sobre patrimônio, o encontro também possibilita a apresentação dos trabalhos desenvolvidos pelas principais casas que estão sob a gerência da FCC, como a Casa da Alfândega, a Biblioteca Pública de Santa Catarina e os museus Nacional do Mar, Etnográfico – Casa dos Açores, Histórico de Santa Catarina, de Artes de Santa Catarina (Masc) e da Imagem e do Som (MIS-SC).